21
Sáb, Set
ptenfres

Ferramentas

Minas Gerais não havia ainda se recuperado do desastre de Bento Gonçalves, distrito de Mariana quando novamente, aconteceu a mesma tragédia, em Brumadinho! Assim, como em Bento Gonçalves: o “rio de lama” desceu morro abaixo engolindo pessoas, casas e tudo que se via pela frente!

Bento Gonçalves, e Brumadinho, depois da tragédia nunca mais serão os mesmos!

A Vale do Rio Doce, mostrou muita falta de compromisso com vidas humanas em Brumadinho. Ela deixou para trás um rastro de destruição, um crime, com centenas de mortes e desaparecidos, que poderiam ter sido evitados, se tivesse preocupado mais com a manutenção, segurança e fiscalização da barragem,mesmo porque nenhuma barragem tem 100% de segurança.Um crime que precisa ser punido com severidade e que poderia ter sido evitado, e que infelizmente, não foi!

Mesmo depois de três anos da tragédia em Bento Gonçalves, as vítimas lutam na justiça para receber suas indenizações. Infelizmente, pouca coisa foi feita para ajudar a população e o meio ambiente, e por incrível que pareça, a empresa avaliada em bilhões de dólares recuperou rapidamente o valor de mercado, depois da tragédia, onde o lucro continua operando em detrimento de vidas.

Depois desses “rios de lama”, outras barragens estão na lista de se romperem, dizem especilalistas! Elas precisam passar por fiscalizações mais rigorosas, para que não aconteçam mais tragédias ,dizimando pessoas, cidades e meio ambiente!

Talvez seja até o momento, de trocar as mineradoras por outras atividades econômicas para alavancar a economia desses distritos como: a cultura, o turismo, já que estas cidades possuem paisagens, locais de entretenimentos e natureza muita linda!

As tragédias de Bento Gonçalves e Brumadinho nos ensinam que não podemos aceitar que o interesse e a ganância financeira sejam mais importantes que vidas humanas! Elas ficarão para sempre na memória daqueles que viram o “rio de lama” passar em suas vidas!

Que Deus ilumine os nossos empresários que acham que a ganância financeira é mais importante que vidas humanas!

A equipe do Jornal da Canastra chora e manifesta sua solidariedade e pesar aos familiares das vítimas, trabalhadores e moradores da região atingida que vertem lágrimas pela perda trágica de entes queridos!

Que Deus conforte a todos!

Festival de Dança de Bambuí